É importante diferenciar os tipos de cólicas menstruais

Home / Bem-estar / É importante diferenciar os tipos de cólicas menstruais

É necessário que o médico estabeleça a diferença entre a dismenorreia primária e a secundária para conduzir o tratamento adequado.

As cólicas menstruais possuem os seguintes tipos: primária e secundária. A primária é a mais comum, considerada normal e costuma aparecer pouco depois das primeiras menstruações. É causada por uma substância chamada prostaglandina, responsável pela contração do útero.

Já a secundária é provocada por alguma doença ou distúrbio, como endometriose, mioma, problemas com o uso de DIU, alterações do útero e dos ovários ou doença inflamatória pélvica.

É necessário que o médico estabeleça a diferença entre a dismenorreia primária e a secundária para conduzir o tratamento adequado. Além do levantamento da história clínica, exames de laboratório e de imagem ajudam nesse processo.

Mulheres com cólicas menstruais primárias, em geral, se beneficiam com a adoção de algumas medidas, como a prática regular de exercícios físicos aeróbicos (por exemplo: andar, nadar, correr, pedalar), aplicação de calor local (bolsa de água quente) e dieta rica em fibras. Quando a dismenorreia é secundária, pode ser necessário recorrer ao tratamento cirúrgico.

Nos dois casos podem-se utilizar medicamentos para alívio da dor, sempre com acompanhamento e prescrição médicos.

Recomendações

  • Evite levar uma vida sedentária. Exercícios físicos moderados ajudam a aliviar a dismenorréia primária;
  • Coloque uma bolsa de água quente sobre a região abdominal, quando estiver com cólica menstrual;
  • Beba bastante água;
  • Não se automedique. Procure assistência médica para selecionar o melhor tratamento.

Fonte: Portal Brasil

Related Posts

Deixe seu comentário